25.5 C
Brasília
segunda-feira, junho 24, 2024

ANUNCIE

Agrishow: produtor expande negócio com rota gastronômica

As rotas gastronômicas da Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo ajudam produtores artesanais a expandir seus negócios. Além do aumento da visibilidade, os produtores também destacam o crescimento de vendas. Os comércios que participam das rotas estiveram presentes na Agrishow, maior evento de tecnologia agrícola do país, de 29 de abril a 3 de maio.

Lucimara Augusto, 53 anos, diz que entrar na rota Sabores de SP foi um “divisor de águas” para o seu comércio. Há seis anos no mercado, Lucimara está à frente da Danega Conservas e Temperos, um negócio familiar que comercializa molhos, geleias, escabeches, entre outros.

A Danega Conservas e Temperos entrou no programa Sabor de São Paulo em 2023, mais especificamente na Rota Gastronômica Pontal do Paranapanema. Em pouco tempo, ela já nota as vantagens de estar nesse circuito: “É um divisor de águas. E traz credibilidade para a marca, tornando o produto conhecido e reconhecido não só na região, mas no estado”.

Com isso, Lucimara também fortalece negócios locais de Presidente Prudente, terra natal não só dela, mas também da Danega. Afinal, os insumos para a produção vêm diretamente de produtores locais.

Roteiro do Queijo

Valdecir Marvulle, 58 anos, faz parte da Rota do Queijo Artesanal Paulista com o seu comércio Capril Salto do Panema. Em uma propriedade no município de Salto Grande, às margens do rio Paranapanema, Valdecir cria cabras para a produção de queijos artesanais.

O Capril Salto do Panema faz parte da Rota do Queijo Artesanal Paulista desde 2022 depois de a Secretaria do Turismo realizar um recenseamento no estado e identificar o comércio de Valdecir. Ele é mais um a reconhecer os benefícios do programa: “Passamos a vender muito queijo para a cidade de São Paulo. Tivemos um aumento no número de clientes que querem consumir nosso queijo”.

De 2022 para cá, Valdecir conseguiu inaugurar um restaurante na mesma propriedade em que realiza a criação das cabras. “É muito legal, porque você tem ampla visibilidade. Hoje em dia, se você não tem visibilidade, você é esquecido”, ele diz.

Rotas gastronômicas

O Estado de São Paulo conta com dez rotas gastronômicas. Os 23 produtores que as integram marcaram presença na Agrishow, maior feira de tecnologia agrícola do Brasil, que ocorreu em Ribeirão Preto, de 29 de abril a 3 de maio.

A Secretaria de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo (Setur-SP) levou ao público da Agrishow, a maior feira agrícola do país, a oportunidade de experimentar – e fazer negócios – com 23 produtores de queijos premiados, cafés especiais, vinhos de exportação, entre outras iguarias que integram as rotas gastronômicas do Estado de São Paulo.

“São sabores de muita qualidade que contam histórias e preservam a identidade cultural de cada município, além de fazer a fama dos destinos turísticos”, afirma Roberto de Lucena, secretário de Turismo e Viagens de SP. “A gastronomia se tornou uma das principais motivações de viagem no Brasil e no mundo. Em São Paulo, isso é ainda mais evidente pela qualidade e diversidade da culinária regional”, diz.

DownloadGoverno de SP

Lucimara Augusto, da Danega Conservas e Temperos

Para abrir o apetite, o visitante pode experimentar geleias e molhos originais de Lucimara Augusto, fundadora da Danega Conservas e Temperos, de Presidente Prudente. Suas compotas de banana e batata doce com pimenta, além de seus escabeches e molhos especiais estiveram disponíveis na feira.

Gislaine Reis Rissi e o pai, Paulo Reis Rissi, da Doces Caseiros Paulinho

Quem procura um doce de qualidade pode degustar os Doces Caseiros Paulinho. Com mais de 25 anos de tradição, a receita familiar de doce de abóbora do Paulo e da Terezinha Rissi, de Santo Antônio da Alegria, continua a mesma. Ela mantém o sabor do cozimento no tacho, mesmo usando a modernidade das caldeiras a vapor. Para a Agrishow, Paulinho levou seus doces tradicionais à base de leite e frutas.

Alien Viganô, Victor Durigan e Vinícius Ferreira, da Cervejaria Maltvs

As cervejarias também tiveram destaque no pavilhão com a Maltvs, dos amigos Victor Durigan, Vinícius Ferreira e Alien Viganô, de Monte Alto, com rótulos premiados. Na Agrishow, eles levaram as cervejas California (Pilsen), Cachoeira (Fashion Ipa), Rica (Catharina Sour com seriguela) e Morrinho (Weizen), todas em formato de chope.

DownloadGoverno de SP

Juliana Furlan, da Estância do Queijo Laticínio Artesanal, de Botucatu

O Queijo Pérola de Faxinal, maturado no café, será lançado na feira. De Botucatu, o produto da Estância do Queijo Laticínio Artesanal é uma criação da empreendedora Juliana Furlan. Além dele, Juliana levou variedades de queijo tipo Árabe de Chimichurri e Zathar, entre outros.

Maria Cristina e Álvaro Veronezi, administradores da Casa Veronezi

A Casa Veronezi, do município de Dumont, especializada em embutidos e carne suína, levou à Agrishow lanche de pernil defumado com vinagrete, de calabresa acebolada e empada de pernil. Também defumados como joelho de porco, lombo suíno, a famosa pururuca e linguiças especiais, curadas e frescais.

Rotas gastronômicas do programa Sabor de São Paulo: https://www.sppratodos.com.br/sabordesaopaulo#link_6140
Rota do Queijo Artesanal Paulista:
https://www.turismo.sp.gov.br/publico/include/download.php?file=1374

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique conectado

667FãsCurtir
756SeguidoresSeguir
338SeguidoresSeguir
- Publicidade -spot_img

Últimos artigos