26.5 C
Brasília
quarta-feira, abril 24, 2024

ANUNCIE

Agnelo Queiroz e ex-secretários viram réus

O juiz substituto da 3ª Vara Criminal de Brasília recebeu denúncia oferecida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios  contra o ex-governador Agnelo Queiroz, o ex secretário de Planejamento e Orçamento, Paulo Antenor de Oliveira, o ex-secretário de Fazenda, Adonias Reis Santiago, e o ex-titular da Casa Civil, Swedenberger do Nascimento Barbosa, pela prática, em tese, de crime contra as finanças públicas de assumir obrigação no último ano do mandato ou legislatura.

O MPDFT ofereceu denúncia, na qual imputou aos réus os crimes descritos nos artigo 359 do Código Penal, por terem autorizado a assunção de obrigação cuja despesa implicaria em parcela a pagar no exercício seguinte sem que houvesse contrapartida suficiente de disponibilidade de caixa.

O magistrado entendeu que estavam presentes os requisitos legais para o recebimento da denúncia, pois haviam provas da materialidade e indícios de autoria. Não vislumbrou a incidência das hipóteses de rejeição, previstas  no artigo 395 do Código de Processo Penal, assim, determinou a citação dos réus para apresentaram defesa.

Da decisão cabe recurso.

PJe:0715292-48.2019.8.07.0001

(TJDFT)

relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique conectado

667FãsCurtir
756SeguidoresSeguir
338SeguidoresSeguir
- Publicidade -spot_img

Últimos artigos